© policiaaerea.net / Luis Pires
 
 
 
 
 
 
 
DAF YP – 408

O YP-408 nos anos setenta e oitenta era o transporte de pessoal «Armoured Personnel Carrier (APC)», por excelência, do exército dos Países Baixos. A letra “Y” designa um veículo militar e “P” indica um veículo blindado.

A base para o desenvolvimento foi o camião militar YA 328 da DAF a letra “A” designa um camião. A DAF (Automobiel Fabriek de Doorne) fabricou aproximadamente 750 unidades em diferentes variantes.

As unidades iniciais foram construídas com 4 eixos, mas a redução de velocidade que tal solução implicava e o desgaste anormal do primeiro eixo com constantes avarias, levou a uma alteração da configuração de tracção, tornando o formato de 6 rodas motrizes o padrão.

O YP-408 não é um anfíbio puro, pode no entanto cruzar cursos de água até uma profundidade de 1,20 m, a vau.

O YP-408 nas variantes construídas foi usado pelos Países Baixos, Exército Português, Força Aérea Portuguesa (Policia Aérea) e ainda pelo Surinam.

A variante de base do YP-408 serviu a infantaria e grupos de intervenção rápida como transportador blindado de pessoal.

Com a introdução de outros equipamentos, tecnologicamente mais avançados, o YP-408 não correspondeu por muito mais tempo às exigências do combate moderno e aos apertados orçamentos militares. A produção do último YP-408 ocorreu 1990.